Ecoturismo no Brasil


Edição Especial

Marisa Fonseca Diniz

O Brasil é um país que possui uma paisagem exuberante com muitas praias, florestas, montanhas e aventura. Não existe um só ser no Planeta Terra que não goste de contemplar a natureza e aproveitá-la da melhor maneira possível. O governo brasileiro tem investido em políticas públicas, a fim de desenvolver o turismo brasileiro dando opções diversas ao turista estrangeiro e nacional.


O ecoturismo brasileiro possibilita uma variedade de atrações aos turistas, que buscam aventura vinculada a historia e cultura nacional. A região norte do país é muito procurada por estrangeiros que buscam conhecer melhor a Floresta Amazônica, a região nordeste é outro atrativo àqueles que buscam praia, sol e esportes náuticos, a região centro-oeste brasileiro é o destino preferido daqueles que buscam o pantanal e o planalto central, onde concentra uma variedade de espécies da fauna e da flora, a região sudeste concentra o turismo histórico nacional, além das praias do Rio de Janeiro, e a região sul é ideal aos apaixonados por praia e gostam de curtir o clima frio dos pampas.

No Brasil, o ecoturismo é um segmento turístico sustentável, que possibilita a visitação aos locais sem agredir o meio ambiente. O país é repleto de belezas naturais certificadas pela UNESCO como Patrimônio da Humanidade. Dentre tantas belezas naturais podemos encontrar Olinda, Ouro Preto, Mariana, Salvador, São Luis, entre outras cidades.

Segundo, o Ministério do Meio Ambiente Brasileiro, ecoturismo ou turismo ecológico é o segmento da atividade turística que utiliza, de forma sustentável, o patrimônio natural e cultural, incentiva sua conservação e busca a formação de uma consciência ambientalista por meio da interpretação do ambiente, promovendo o bem-estar das populações.

O ecoturismo pode ser interpretado como as atividades turísticas baseadas na relação sustentável com a natureza, comprometidas com a preservação e educação ambiental. Os principais destinos para a prática do ecoturismo no Brasil são os seguintes:

Região Sudeste:

Angra dos Reis


Localizado no sul do Estado do Rio de Janeiro faz limite com as cidades de Parati, Rio Claro e Mangaratiba no território fluminense, Bananal e São José do Barreiro no lado paulista. Angra dos Reis possui 97 ilhas, cercada por morros e mangues e é o destino preferido aos praticantes de mergulho.


Ilha Grande é a ilha mais famosa da região, além de ser a mais procurada pelos turistas, pois suas águas cristalinas e azuladas são excelentes para quem procura passeios de barco, já as Ilhas Butinas possuem águas com pouca profundidade sendo excelente a prática de snorkeling.

Brotas


Brotas é considerada a cidade da aventura localizada no interior do Estado de São Paulo. A cidade é um atrativo aos aventureiros de esportes radicais com diversas pousadas, rios, cachoeiras e uma ótima infraestrutura turística.

Capitólio


Capitólio é um pequeno município conhecido como a Cidade Rainha dos Lagos, que faz parte da região entre a serra e a represa de Furnas. Capitólio reúne vários atrativos naturais com inúmeras cachoeiras, piscinas naturais, grutas, cânions, trilhas ecológicas, além de atrativos históricos e culturais.
Outras cidades interessantes a serem visitadas são: Atibaia, Campos do Jordão, Carrancas, Ilhabela, Ilha do Cardoso, Itatiaia, Juquitiba, Paraty, Parque das Cavernas, Petrópolis, Serra da Bocaina, Serra da Canastra, Serra do Cipó, Socorro e Ubatuba.

Região Sul:

Bombinhas

Paraíso ecológico de Santa Catarina, Bombinhas possui quase 75% do seu território decretado como área de preservação permanente com seus costões, dunas, mangues, morros e praias.

Foz do Iguaçu


Foz do Iguaçu está localizada no extremo oeste do estado do Paraná, as principais atrações turísticas do município são as Cataratas do Iguaçu e a Usina Hidrelétrica de Itaipu.

Serra Gaúcha


A Serra Gaúcha possui relevos variados, vegetação exuberante, rios e águas cristalinas aqueles que adoram um passeio de jipe, a cavalo, bike, além da prática de canoismo, tirolesa, rapel e escalada.
As demais cidades ideais para o ecoturismo são Ilha do Mel, Cambará do Sul, Três Coroas e Serra Catarinense.

Região Centro-Oeste:

Bonito

Bonito é um município da região Centro-Oeste situado no estado do Mato Grosso do Sul. A cidade é um pólo do ecoturismo e as principais atrações são vinculadas a natureza com muitas cachoeiras, grutas e água transparente ideal a prática de mergulho.

Pantanal


O Pantanal Mato-Grossense está localizado no sudoeste de Mato Grosso e oeste de Mato Grosso do Sul, a região possui um dos ecossistemas mais ricos e diversificados do país. Abriga uma grande variedade de animais, alguns ameaçados de extinção, que vivem em perfeito equilíbrio ecológico, além de diversos tipos de vegetações da Amazônia, do Cerrado e do Chaco Boliviano considerado pela UNESCO como Patrimônio Natural Mundial e Reserva da Biosfera.

Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros


A Chapada dos Veadeiros é conhecida como o Berço das Águas devido à quantidade de nascentes de águas cristalinas que há na região. O Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros fica na região nordeste de Goiás e é considerado patrimônio natural mundial pela UNESCO. A região é cheia de piscinas naturais, cânions, trilhas, cachoeiras e uma rica biodiversidade de fauna e flora.
Outras cidades interessantes a serem visitadas são as seguintes: Chapada dos Guimarães, Serra do Roncador, Parque Nacional das Emas, Rio Araguaia, Alta Floresta, entre outras.

Região Norte:

Jalapão


Jalapão está localizado no estado do Tocantins com dunas alaranjadas no meio do Cerrado, rios e cachoeiras cristalinas sendo o destino de muitos turistas praticantes de rafting e aos amantes da natureza.

Monte Roraima


Sétimo ponto mais alto do país (2.875 metros de altitude e quinze quilômetros de comprimento), o Monte Roraima está situado na tríplice fronteira entre Brasil, Venezuela e Guiana e é um dos fenômenos naturais mais primitivos e impressionantes do mundo. É possível observar a dimensão do poder do tempo a partir das fendas e abismos, encontrados em seu platô, que foram formados pela ação do vento e das chuvas. Mesmo estando em uma região remota da América do Sul e da dificuldade do trekking até o topo do Monte Roraima, atingir seu cume é uma recompensa maravilhosa.

Ilha de Marajó


A Ilha de Marajó está localizada no norte do Pará e é a maior ilha fluviomarinha do mundo. É banhada pelo Oceano Atlântico e pelos rios Amazonas e Tocantins. A ilha possui a maior criação de búfalos do Brasil e a paisagem da ilha é composta de praias, lagos, florestas e gramados.
Aproveite e visite também a Ilha do Bananal, o Vale do Jurá, Pouso das Garças, Floresta Amazônica, Rio Guaporé e Ilha de Maracá.

Região Nordeste:

Fernando de Noronha

Fernando de Noronha é um arquipélago brasileiro no Oceano Atlântico pertencente ao estado de Pernambuco, as praias são ideais para o mergulho recreativo devido à corrente sul equatorial que empurra a água quente da África para a ilha.

Lençóis Maranhenses


O parque nacional dos Lençóis Maranhenses é uma unidade de conservação brasileira de proteção integral à natureza localizada na região nordeste do estado do Maranhão. O parque foi criado com a finalidade de proteger a flora, a fauna e as belezas naturais existentes no local. Inserido no bioma costeiro marinho, o parque é um exponente dos ecossistemas de mangue, restinga e dunas, associando ventos fortes e chuvas regulares, que atraem os turistas aliados a passeios nas dunas e banhos nas lagoas.

Arquipélago de Abrolhos

Localizado no Oceano Atlântico ao sul do estado da Bahia constituído por cinco ilhas, o arquipélago é considerado área de proteção ambiental sob controle da Marinha do Brasil, e é uma excelente região aos praticantes de mergulho.

Outros locais na região nordeste excelentes para a prática do ecoturismo são os seguintes: Itacaré, Jericoacoara, Jucumã, Maragogi,Caraíva, Pipa, entre outros.

Artigo protegido pela Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. É PROIBIDO copiar, imprimir ou armazenar de qualquer modo o artigo aqui exposto, pois está registrado.



Nenhum comentário:

Postar um comentário